Arquivo | Meces RSS for this section

ORAÇÃO


Senhor:
A Igreja me confiou o Ministério Extraordinário da Comunhão Eucarística.
Constituiu-me servidor da comunidade, em Assembléia Litúrgica, que compartilha a mesa fraternal da Comunhão;
Na consolação dos enfermos, anciãos e impedidos para que se fortaleçam com o Pão da Vida.

Eu sei, Senhor,
Que é, em primeiro lugar, um serviço, porém intimamente, o descubro como uma honra: por meu intermédio, e através de minhas mãos,
Faço possível a comum unia de meus irmãos contigo,
No Sacramento do teu Corpo e do teu Sangue.

Por isso, Senhor,
Te consagro meus lábios que te anunciam,
Minhas mãos que te entregam;
Te consagro meu ser,
Meu corpo e meu coração
Para ser tua testemunha leal.

Não quero, Senhor,
Que minha vida seja um obstáculo entre meus irmãos e teu Mistério.
Quero ser uma ponte,
Quero ser como duas mãos estendidas…

Peço a tua ajuda, de modo que eu seja
Um Cristão de verdade,
Um Cristão ansioso de tua Palavra,
Uma Pessoa de oração e de reflexão;
Um Contemplativo de teus mistérios;
Um Celebrante feliz de teus sacramentos
E um Servidor humilde de todos os meus irmãos.

Que quando eu disser: “O Corpo de Cristo”, eu desapareça,
E vejam o Teu Rosto.
Amém.

Os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística

Estar a serviço da Eucaristia para distribuir aos fiéis o Corpo e o Sangue de Cristo é um ministério, normalmente, reservado aos Bispos, Padres e Diáconos (Cân.910). Em 30 de abril de 1969, com a Instrução Fidei Custos, a Sagrada Congregação dos Sacramentos permitiu a leigos exercerem, extraordinariamente, este ministério. Esta autorização foi confirmada em 1973, pela Instrução Imensae Charitatis da mesma Congregação e também pelo Motu Próprio de Paulo VI Ministeria Quaedam (15/8/1972) com o qual instituía os ministérios do Leitor e do Acólito. 

A Espiritualidade do Ministra da Eucaristia (MECE)
  • A Espiritualidade do ministro seja essencialmente leiga, com consciência suficientemente esclarecida sobre a sua condição laical.
  • A teologia do sacerdócio comum dos fiéis esteja à base da espiritualidade, redescobrindo todas as dimensões dos sacramentos da iniciação cristã.
  • A formação espiritual seja adequada a todas as áreas da personalidade.
  • Não seja artificial, fugindo às realidades temporais.
  • Dê a sua atividade e à sua presença um sentido de fé, de esperança e de caridade cristã.
  • Descubra e leve os outros a descobrir a presença de Deus nas realidades temporais.
  • Busque renovar a identidade Cristã no mundo.
  • Tenha uma espiritualidade de sal, luz e fermento.
  • Seja Ministro de ação, de oração e dos sacramentos.
  • Mantenha contato com a Palavra de Deus, a intimidade com Cristo na Eucaristia, na celebração dos Sacramentos e na prática da oração individual e comunitária.


MECEs em São Geraldo

Nossa Matriz dispõe de 34 Meces. Desenvolvem seu apostolado junto aos enfermos e os impossibilitados de virem a Santa Missa.

Eis os nossos Ministros:

01. Francisco
02. Francinete

03. Lourdes

04.  Paulo Guimarães

05. Dna. Marlow

06. Sr. Jose Francisco

07. Elisangela

08. Arley

09. Marcia Oliveira

10. Marco Aurélio

11. Maria de Fatima

12. José Antonio

13. Roberto

14. Rita

15. Rosana

16. Marcelo

17. Dna. Mariana

18. Edith

19. Aparecida

20. Dna. Lélia

21. Élia

22. Elisabete

23. Rosângela

24. Maria Lopes ( Dna. Margarida)

25 Izaura

26. Sebastião

27. Rosa Pinho

28. Tânia

29. Neiva

30. Cristina

31. Márcia Alves

32. Dna. Benedita.

33. Maria Tereza


Avise ao Mece do seu enfermo, para que possamos visita-lo e Levarmos a Comunhão Eucarística

Oremos:
Senhor, Pai Santo, Deus todo-poderoso,
Nós vos pedimos, confiantes,
Que o Sagrado Corpo (Sagrado Sangue)
De vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo,
Seja para nosso irmão (nossa irmã) remédio de eternidade,
Tanto para o corpo como para a alma.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

%d blogueiros gostam disto: